Projeto leitura alimenta


Oi gente!
Eu e a beck vimos esse projeto super legal e decidimos compartilhar com vocês. O projeto é o Leitura alimenta.
Os brasileiros não estão bem de leitura. Segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto Pró-Livro, divulgada no ano passado, 75% da população nunca frequentou uma biblioteca; o número de leitores caiu de 95,6 milhões para 88,2 milhões entre 2007 e 2011; e apenas 28% dos brasileiros afirmam que ler é uma forma de lazer. Assustados e preocupados com essa realidade, três brasileiros criaram um projeto para tentar mudar esse cenário. “Decidimos criar algo que ajudasse de fato e de uma maneira colaborativa e fácil”, afirma o goiano Marcelo Rizerio, um dos idealizadores do Leitura Alimenta, junto com, o também goiano,  Murilo Melo e o paulistano Julio D’alfonso.
O projeto tem como objetivo incluir livros no mix de produtos das cestas básicas. A iniciativa conta com a parceria da Livraria da Vila e com a empresa Cesta Nobre. Para entender melhor essa ideia dos três, que dividem essa ação social com a rotina de trabalho na agência Leo Burnett Tailor Made, Rizerio tirou um tempinho para responder algumas perguntas do blog. Confiram abaixo:
Quando o projeto começou a ser idealizado e como surgiu a ideia?
A ideia surgiu em setembro de 2012, quando decidimos criar algo que ajudasse as pessoas de uma maneira colaborativa e fácil. Pensamos nos livros pois muitas pessoas não fazem nada com eles depois de os lerem. Ou dão algum fim ingrato, como o fundo de uma gaveta, ou até os transformam em um aparador de mesa. Então, por que não dar a oportunidade da leitura a outra pessoa?
Vocês investiram capital para tirar o projeto do papel?
Para realizar um projeto como esse, com certeza necessitaríamos de alguns investimentos. O que fizemos, porém, foi estabelecer algumas parcerias para viabilizar a ideia. Nós idealizamos todo o projeto e ficamos responsáveis pela sua coordenação. A empresa de cestas básicas Cesta Nobre ficou encarregada de toda a logística e o manuseio, e a Livraria da Vila cedeu o espaço para aceitarmos as doações de livros. O custo de tudo isso foi absorvido por cada empresa, assim como a impressão de panfletos, banners, adesivos e caixas para a coleta dos livros. Esses parceiros acreditaram na ideia e viram a importância de colaborar.
Quantas cestas já foram distribuídas com livros?
A Cesta Nobre distribui 3 milhões de cestas por ano, para todo o Brasil. Nós temos potencial para alcançar isso, mas a primeira distribuição será feita nas próximas duas semanas. Mas já estamos com milhares de livros doados. Além das doações de pessoas físicas, que muitas vezes doam quantidades menores, temos editoras e empresas que o fazem em grandes quantidades. As cestas serão vendidas para os atuais clientes da Cesta Nobre ou qualquer outra empresa ou estabelecimento que tiver interesse em participar do projeto.
Eu percebi que vocês têm um Facebook e Twitter bastante ativos. Qual a importância das mídias sociais para o desenvolvimento e o sucesso do projeto?
Elas são fundamentais, pois é por meio delas que conseguimos deixar todos sempre a par de tudo o que está acontecendo. A participação das pessoas nesses meios é quase tão importante quanto a doação, de fato, pois a propagação da mensagem é exponencial. Conseguimos mostrar com fotos ou depoimentos como o projeto está evoluindo, quem está apoiando e qualquer novidade que aconteça. Também é um excelente meio de interação, já que muitas pessoas também tiram dúvidas ou se interam melhor sobre o que é o projeto.
Alguma novidade futura para o projeto?
O Leitura Alimenta foi lançado oficialmente neste ano, portanto ele todo é uma novidade. Mas o que realmente gostaríamos é que um dia esse projeto se transformasse em lei no Brasil, pois acreditamos que o livro é de fato um item básico para a formação de qualquer pessoa. Acreditamos que essa poderá ser uma iniciativa muito eficaz e estamos mostrando que é absolutamente viável e simples.
Os livros podem ser doados nas unidades da Livraria da Vila ou enviados via correio. Para saber mais como fazer sua contribuição – e que livros se encaixam no projeto – basta acessar o site do Leitura Alimenta.
Nós adoramos o projeto, e vocês?
Beijos das lindas ,
Beck e Isa

2 comentários:

  1. Apoio o projeto! Ler é muito importante, e no meu caso, uma necessidade!

    Beijos.
    Páginas na Estante
    @alyneadriana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahah no meu caso também!!
      Bjs

      Excluir